...

Viva um novo tempo em Deus

igreja viva | publicado há 1 mês

Mais uma vez, você tem a oportunidade de fechar um ciclo de 365 dias e, quando se pensa no ano que se finda e no que se inicia, é saudável fazer uma autoavaliação para alinhar suas atitudes habituais em direção a seus alvos, crescendo e aprendendo com as experiências vividas.

Os cristãos estão imersos em um projeto constante de reflexão, aperfeiçoamento e fortalecimento da fé. Nesse sentido o Salmo 1 contribui apontando dois
estilos de vida: um que não agrada ao Senhor e outro que aponta para Ele.
Acompanhe:

“ 1 Como Deus deve gostar de você: você não aparece no Bar do Pecado, você não anda à espreita no Beco Sem Saída, você não frequenta a Escola dos Desbocados! 2 Pelo contrário, você vibra com a Palavra do Eterno, você rumina as Escrituras dia e noite. 3 Você é como uma árvore replantada no Éden, dando frutos novos a cada mês, Que nunca perde suas folhas e que está sempre florescendo. 4 Você não é, de jeito nenhum, como os perversos, que não passam de poeira ao vento 5 — Sem defesa nos tribunais, são companhia imprópria para as pessoas inocentes 6 O Eterno traça o caminho que você escolhe. Mas o caminho que eles escolhem é uma pista escorregadia.”

Do trecho citado podem ser extraídos 3 tópicos a serem examinados com atenção e nunca negligenciados, na vida daqueles que desejam caminhar em novidade de vida. São eles: aceitar, participar e adotar.

1- Aceitar 
Permitir e cultivar pensamentos contrários aos princípios e valores de Deus.

Esse é considerado o primeiro estágio do para o afastamento de Deus e aponta para pequenas ideias que não condizem com o padrão de vida de um cristão, sendo aceitas pouco a pouco pelos filhos de Deus. 

A Palavra orienta que os seguidores de Cristo mantenham seu pensamento fixado em Jesus em Hebreus 3:1 e relata em Provérbios 15:26 que o Senhor odeia o pensamento dos maus. Veja:

“Portanto, santos irmãos, participantes do chamado celestial, fixem os seus pensamentos em Jesus, apóstolo e sumo sacerdote que confessamos.”

“O Senhor detesta os pensamentos dos maus,

mas se agrada de palavras ditas sem maldade.”

Diante disso não deixe que idéias e pensamentos intrusivos governem sua mente, mas submeta todos seus pensamentos ao Senhor.

2- Participar 
Agir - de forma contrária aos ensinamentos de Deus

Os filhos de Deus não fazem parte do mundo mas estão nele.
Isso significa que você precisará estar inserido em diversos contexto naturais e 
práticos da vida nessa terra. Pois, assim como aqueles que ainda não conhecem a Cristo, você não possui apenas um corpo espiritual e também precisará se dedicar a sanar necessidades físicas, psicológicas, financeiras etc. 

A grande diferença, no entanto, está no filtro dos cristãos que passa por refletir se determinada situação glorifica ou não o nome do Senhor.

Participar fala sobre não usar o livre arbítrio para escolher caminhar na beirada do abismo, mas sim se afastar de toda e qualquer situação em que a paz do Espírito deixa seu coração. 

Em resposta a isso 1 Coríntios 6:12 diz:

"Tudo me é permitido", mas nem tudo convém. "Tudo me é permitido", mas eu não deixarei que nada me domine.

3- Adotar 
Viver hábitos destrutivos

Ao viver o testemunho cristão autêntico, é uma questão de tempo para que as diferenças entre aqueles que vivem para glorificar a Deus e aqueles que vivem apenas para si mesmo fiquem tão claras como as entre a água e o azeite.

Contudo, tendo avançado a linha dos dois pontos citados anteriormente, é comum que muitos seguidores de Cristo adotem para si hábitos que não condizem com a fé que professam.

Um hábito é um tipo de memória consolidada sobre a qual se tem menos consciência, ou seja, você executa diversas coisas a partir do “piloto automático”. 
Por isso, caso tenha identificado hábitos que não condizem com o estilo de vida cristão e encontrar dificuldade em mudá-los,  racionalize, volte atrás e reflita qual a linha de pensamento que sua mente traça antes de tomar 
certa atitude que se tornou tão recorrente. 

A partir disso, peça ajuda do Espírito Santo sempre que se der conta de que está caminhando em direção a este hábito e traga à mente memórias relacionadas a tudo que você já experimentou em sua vida com Deus.

Além disso, busque estabelecer hábitos que ocupem o seu tempo e elevem seu espírito como, por exemplo: meditar na Palavra, ter um tempo devocional, servir na casa do Senhor, entre outros.

Começar o ano mantendo a atenção voltada ao Senhor e buscando se aperfeiçoar a partir desses três pontos, é  uma ótima forma de dar passos em direção a um tempo completamente novo na presença de Deus. 

Saiba mais a respeito desse tema acompanhado na íntegra a mensagem “Ano novo, vida nova!”, disponível logo abaixo. E aprenda a viver o novo de Deus também em suas relações familiares, conferindo a mensagem “A alegria de ser familia”. 

VIDA IBB

...
pregaçãodedomingo | publicado há 3 dias
#culto-domingo
...
igreja viva | publicado há 1 semana
mulheresibb

ver todas