...

ONDE A ARTE ENCONTRA A FÉ

Igreja Viva | publicado há 2 semanas

 Muitos artistas exploram a arte como um meio de questionar, entender e expressar sua fé. Pintores como Michelangelo, Leonardo da Vinci e Caravaggio criaram obras que não apenas ilustram narrativas bíblicas, mas também oferecem interpretações profundas dessas histórias, convidando o observador a uma reflexão teológica. Johann Sebastian Bach foi um dos compositores mais influentes da música erudita, e especialmente da música barroca, conhecida pelos seus ornamentos, contraponto e expressão emocional. 
Bach foi um artista cristão que compôs tanto para o meio sacro, quanto para o secular. Uma de suas obras mais famosas é sua cantata para coral: "Herz und Mund und Tat und Leben" (Coração e Boca, Ação e Vida), onde se encontra a famosa “Jesus, Alegria dos Homens”, que é a tradução em português do título alemão “Jesu, bleibet meine Freude”, que embora atribuído a Bach, esse coral não é de autoria do compositor alemão, que no entanto foi responsável pelo arranjo e pela instrumentação que o tornaram famoso. A melodia foi composta em 1641 pelo compositor alemão Johann Schop para o seu hino "Werde munter, mein Gemüte" (Estai atenta, minha alma). Já a letra foi extraída da 16ª estrofe do longo poema "Jesu, meiner Seelen Wonne", (Jesus, delícia da minha alma), do compositor, poeta e músico alemão Martin Jahn, publicado em 1661. A universalidade da mensagem de alegria e esperança em "Jesus, Alegria dos Homens" continua a tocar corações ao redor do mundo, lembrando-nos de como a arte pode ser um veículo poderoso para expressar as verdades espirituais e a beleza da fé cristã. 
 
Jesus permanece minha alegria 
Consolo e força do meu coração 
Jesus combate todo sofrimento 
Ele é o vigor da minha vida 
Prazer e sol dos meus olhos 
Tesouro e delícia da minha alma. 
Por isso eu não largo Jesus 
Do coração e da face. 

Assim, a obra permanece um testemunho duradouro do impacto de Bach na música e na cultura. Este legado demonstra o poder da música em transmitir valores profundos que vão de encontro com a nossa fé! Fé naquele que é o "vigor de nossas vidas", "sol para nossos olhos" e "tesouro para nossas almas"! Em manifestações artísticas como essa, podemos notar que de fato, a Arte encontra a Fé!

Breno Tomazinho Jesus 

VIDA IBB

...
Igreja Missional | publicado há 4 dias
Igreja Missional
...
Igreja Viva | publicado há 1 semana
Homenagem Pr. Avelino Ferreira

ver todas