...

Ekklésia: O ser Igreja no contexto bíblico

Igreja Viva | publicado há 7 meses

O verbo ser é designador de uma identidade a ser conhecida e ajuda, ainda, no entendimento sobre o processo de definição de alguém ou alguma coisa. Quando se pergunta: “quem é você?”, espera-se que haja uma apresentação que se inicia pelo nome. Então, o verbo ser expressa a natureza daquele que se apresenta

De igual modo, quando se pergunta: “o que é ser igreja?”, busca-se apresentar o seu conceito e sua definição. O que se deseja saber diz respeito à identificação de uma natureza, ou seja, sua essência. Por essa razão, é possível dizer que sem a essência não há igreja, mesmo que se possa contemplar uma estrutura com uma placa sinalizadora. De fato, essa visão limita o que se pode chamar de ekklésia, no que diz respeito à sua essência apresentada nas Escrituras.

Ekklésia é uma palavra transliterada do grego, sendo muito utilizada nas cartas paulinas. Nelas, a ideia que mais aparece está vinculada à igreja local, o que é facilmente identificado nas saudações, orientações, exortações, recomendações e nos agradecimentos do apóstolo Paulo (Rm 16; I Co 1.2; 12.28; II Co 1.1; Gl 1.2; Ef 3.21; Fp 4.15; I Ts 4.16). Observa-se o zelo do apóstolo por essas igrejas, no sentido de que pudessem permanecer firmes na fé abraçada

O ato de permanecer firme na fé abraçada, demonstra que a igreja tem responsabilidade diante de Deus, porque ela é considerada povo de Deus. A igreja guarda relação com as pessoas. São elas que se tornam o corpo de Cristo e o templo do Espírito Santo, que precisa evidenciar o fruto descrito em

 Gálatas 5.22: “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, amabilidade e domínio próprio. Contra essas coisas não existe lei”. 

 

A igreja não pode ser conhecida apenas por sua atividade, antes por sua referência centrada em Cristo. É preciso que as marcas de Cristo estejam cravadas no ato de ser igreja, de tal modo que ela reflita a Sua glória, transmita Sua verdade e viva conforme Suas ordenanças. Assim, igreja é ser povo de Deus chamado para uma missão. É ser corpo de Cristo e templo do Espírito Santo. 

A essência da igreja é ser como Cristo, nisso reside o motivo de sua existência. Essa é a postura assumida pelos batistas brasileiros e, mais particularmente, pela IBB em qualquer espaço em que se faz presente, enquanto testemunha viva do evangelho de Cristo; e que atua em seu nome para alcançar, acolher cuidar, preparar e multiplicar. 

Sem Cristo não há que se falar em igreja e nem em missão. Essa constatação possibilita que se compreenda o trabalho a ser efetivado pela igreja. Esse trabalho guarda relação com o propósito de Deus para a humanidade, que pode ser identificado no processo de fazer discípulos de todas as nações (etnias). Então, você é igreja. Que a missão confiada a você, enquanto povo de Deus, frutifique para a glória do Seu nome.

 


 

Escrito por: Gleyds Domingues  


 


 

VIDA IBB

...
Igreja Viva | publicado há 4 dias
Igreja Viva
...
Igreja Missional | publicado há 2 semanas
Igreja Viva

ver todas