...

A NOVA NATUREZA: Me faz viver uma nova paternidade

Igreja Viva | publicado há 1 mês

Dia dos Pais é sempre uma oportunidade para refletirmos sobre nossa visão de paternidade.

Alguns, marcados por uma família disfuncional, experimentam uma visão distorcida do que é o amor genuíno e incondicional de um pai. Outros, construíram uma visão saudável, pois tiveram boas experiências e memórias com o pai terreno. No entanto, ambas as experiências, somente terão uma visão genuína quando experimentarem a transformação da nova natureza, onde deixamos a condição de criatura para sermos filhos de Deus. (João 1.12)

Entender que temos uma predisposição de reproduzir os padrões de comportamento que recebemos dos pais, deve nos levar a sermos intencionais de construir uma nova visão de paternidade a partir de uma Nova Natureza. 

Efésios 4.22-24 nos desafia a nos despirmos do velho homem, renovando a nossa maneira de pensar, e com isso, revestirmos do novo homem, que vive uma nova natureza em busca de ser semelhante a Deus em santidade e justiça.

Viver uma nova paternidade é construir, a partir do modelo do nosso Pai Eterno, um padrão de comportamento compatível de um filho amado e de um pai que entende o seu propósito como filho e como pai. 

Deus, na condição de Pai de Jesus, é nossa referência de Paternidade, pois conferiu identidade, estabeleceu autoridade, moldou plenamente para o propósito que deveria cumprir na terra.

Jesus, como Filho de Deus, nos deixou um exemplo de obediência, clareza de identidade e propósito e um legado para transmitir até a Sua volta.

Não sei como foi sua experiência, mas o meu desafio neste Dia dos Pais, é que você se entregue para viver plenamente a Nova Natureza, e com isso, você consiga viver sua verdadeira identidade de filho, caminhando em santidade e justiça, honrando seus pais terrenos, assim como você honra o Pai Eterno, e ainda, sendo um pai que investe intencionalmente na vida dos filhos para que eles cumpram integralmente o potencial estabelecido por Deus, nosso Pai Eterno.

No mesmo sentido, como filho, que você consiga viver todo seu potencial e autoridade transmitida pelo Pai, deixando de viver como escravo, mas assumindo definitivamente sua condição de filho a partir da sua nova natureza. 

Por fim, olhe para sua visão de paternidade, seja na condição de filho ou na condição de pai, e seja intencional em construir um legado para as pessoas que estão ao seu redor. A Nova Natureza inaugura não somente um estilo de vida diferente, que impacta em nossa família e em nossos relacionamentos, mas também, nos desafia e ressignificar o propósito da nossa criação, pois fomos gerados de forma especial e admirável (Salmos 139.14) para viver um propósito maior neste tempo.        

Que Deus nos abençoe a continuar crescendo firmado na nova natureza, sendo cada dia mais semelhante a Cristo. 

Escrito por:  Pr. Edemilson Vieira


 

VIDA IBB

...
Igreja Viva | publicado há 2 dias
formacional
...
Igreja Viva | publicado há 4 dias
formacional

ver todas